Avalie este item
  • 0.00 / 5 5
(0 votes)

(Imagem: Unsplash/Marek Okon)

Você deve estar acompanhando a crise do derramamento de óleo que se iniciou há mais de dois meses. As praias nordestinas foram afetadas. Já são mais de 4 mil toneladas desse material coletadas no litoral nordestino e pelo menos 120 cidades afetadas. Muitas praias já foram limpas, mas os estados da Bahia, Alagoas e Sergipe ainda estão sofrendo com a situação. A preocupação das autoridades agora é que o Rio de Janeiro também seja atingido nos próximos dias.

As perguntas que não querem calar são: quanto tempo vai continuar a aparecer, qual a origem e quais as reais consequências da chegada dessas massas pretas de petróleo nas nossas praias? Vamos às respostas que já temos.

Quanto tempo

No início de novembro o governo federal deu uma entrevista para esclarecer o que está sendo feito. Também foi explicado a que passo andam as investigações que buscam descobrir o responsável pelo vazamento. O que sabemos é que é difícil estimar a dimensão e o tempo que levará para limpar totalmente o litoral. Isso porque não se sabe a quantidade de petróleo que vazou. Mas a frequência e quantidade que está chegando já indicam que houve uma diminuição no ritmo.

Origem

As investigações já levantaram um forte suspeito, o navio Bouboulina de nacionalidade grega que carregava petróleo cru da Venezuela até a África do Sul. Ao que tudo indica ele esteve próximo da Paraíba, região onde a Marinha identificou ter ocorrido o início do vazamento, justamente na época em que as primeiras manchas foram localizadas. O Bouboulina ainda possui um histórico questionável, ele foi detido nos Estados Unidos por não atender uma convenção internacional para prevenção de poluição.

Principais consequências

A poluição dos oceanos por derramamento de óleo é uma das mais preocupantes e perigosas para a vida marinha. Isso porque o material fica boiando na superfície. Então além de impedir que a luz solar passe e conclua o processo da fotossíntese das algas marinhas, animais como tartarugas, focas, peixes e aves marinhas são tomados pelo óleo, o que os leva à morte. O Ibama já identificou 133 animais cobertos da substância.

Além das incidências de animais encontrados sem vida e envoltos de petróleo nas praias, também já foram identificados manguezais impregnados pelo óleo em Pernambuco. Isso significa a morte de importantes biomas naturais.

Nesse caso, a situação também afeta o turismo das regiões atingidas, que é a grande atividade econômica das populações locais. Autoridades ainda não sabem afirmar se as praias que foram limpas estão próprias para banho. De acordo com informações compartilhadas pela Marinha brasileira, a extensão do dano causado é inédita.

Faça a sua parte

Nem todos nós podemos trabalhar ativamente na limpeza das praias brasileiras afetadas, mas podemos nos atentar a consumir de forma mais consciente. Produtos plásticos, por exemplo, normalmente utilizam como matéria prima o petróleo. O mesmo acontece similarmente com outros itens comuns do dia a dia, como tintas, combustível, cosméticos e até chicletes.

Então, a dica é basicamente priorizar produtos orgânicos, ou ecológicos, que não levem o poluente em sua composição. No nosso site você encontra algumas opções de kits de higiene e kits cosméticos naturais, além de canudos e potes ecológicos. Pode parecer pouca coisa, mas a mudança de hábito da sociedade pode, sobretudo, pautar as ações de grandes indústrias. E você pode começar agora!

Mais desta categoria: Dicas de presentes sustentáveis para surpreender no amigo secreto » 3 ideias de ambientes sustentáveis para curtir as férias » 4 motivos para você começar a investir na alimentação orgânica » Como substituir hábitos de higiene a favor do meio ambiente? » Dia Mundial do Animal: saiba porque devemos nos atentar a data » Você sabia que existe o Dia Nacional das Abelhas? » Saiba mais sobre a Cúpula da Ação Climática 2019 » Como reduzir o cosumo de plástico? » Conheça o Dia Internacional da Preservação da Camada de Ozônio » Conheça algumas iniciativas que vão restaurar sua fé na humanidade » O gasto de água por trás dos produtos que consumimos » ICMBio comemora seu 12º aniversário » Floresta Amazônica: como você pode ajudar? » O Dia de Sobrecarga da Terra chegou mais cedo esse ano » O que você precisa saber sobre a Poluição Industrial? » Conheça os benefícios da agricultura familiar e sua importância » Espaço sustentável criado com apoio da Casa Com Pallet e do EcoConsumo » Dia de Proteção às Florestas: conheça algumas iniciativas para frear o desmatamento » Eco consumo para estudantes e universitários » Porque se cadastrar em um MarketPlace focado na Sustentabilidade? » 10 coisas que você pode fazer para salvar o oceano » Conheça as responsabilidades do engenheiro florestal e sua importância para o meio ambiente » Zero Lixo: 4 alternativas para você » O Fundo Nacional do Meio Ambiente comemora 30 anos » Entenda porquê devemos nos atentar ao consumo de plástico » Marketplace: 5 vantagens de vender no Eco Consumo »
Artigo anterior Atitudes Sustentáveis: a sua importância
Próximo Artigo Porque devemos dar atenção ao material reciclado?

Deixe uma resposta