Avalie este item
  • 0.00 / 5 5
(0 votes)

desenvolvimento sustentável

Reprodução: Unsplash/Charles Etoroma

Nos dias de hoje podemos ver estampado em todos os lugares a palavra sustentabilidade e seus derivados. Ser sustentável. Casa sustentável. Roupa sustentável. Mas o que é ser sustentável nos dias de hoje?

A palavra, que começou a ser mais utilizada na década de 70, tem ganhado destaque nos últimos anos. E o fato de todo o mundo estar mais atento as questões da mudança climática também ajudou. Com isso, a sustentabilidade passou a ser o objetivo de muitos ao redor do globo e isso inclui grandes marcas de vários ramos. Contudo, sabemos que entre todos os poluentes, a Indústria da Moda vem em 2º lugar no ranking.

A Fast Fashion é uma das problemáticas nesse ramo.

A preocupação com o desenvolvimento sustentável das marcas

A preocupação consiste em como utilizamos as roupas vendidas em departamentos. O termo Fast Fashion consiste numa fabricação em massa, tendência, um não preocupação com o impacto ambiental e uma mão de obra mais barata, mas não justa.

Para se ter uma noção, a fibra do poliéster equivale cerca de 70 milhões de barris de petróleo por ano e demora 200 anos a se decompor. Já a viscose, feita de celulose, derruba mais de 70 milhões de árvores por ano. E não só!

Com lugares sem ecopontos próprios para fazer o descarte das roupas, as pessoas normalmente jogam junto com o lixo comum que vai parar no aterro sanitário. É um ponto preocupante já que o lixo acumulado no aterro emite gases prejudiciais ao meio ambiente.

As soluções de marcas nacionais

A poluição e a falta de preservação com o meio ambiente, as marcas começaram a procurar soluções e as pessoas passaram a tomar consciência que é preciso mudança.

Quando falamos das marcas encontrámos, por exemplo, a Green Minds. Com uma produção sustentável e a utilização de algodão orgânico, a loja busca trazer ao mercado uma alternativa sustentável. Há também a Andreza Chagas. A marca é a primeira no Brasil a ter uma produção sustentável, com fibras naturais e recicladas focada em jeans. A maior preocupação consiste em reduzir o consumo de água para a fabricação desse material, assim como a utilização de produtos químicos.

E para você procura roupa interior sustentável, te apresentamos a Gioconda Clothing conta com um leque de opções sustentável e com o uso de fibras naturais.

Como ajudar individualmente?

Você também pode colaborar de alguma forma para o desenvolvimento sustentável.

Aqui se insere o Slow Fashion. Totalmente ao contrário do termo anterior, o termo slow fashion vem do utilizar o que temos sem precisar estar sempre comprando. Entretanto, promover uma consciência socioambiental e um preço justo para todos sem mão de obra ‘escrava’, é uma das definições.

Cada um colabora do jeito que pode. Há quem utilize as roupas até seu último dia útil, outros passam para frente e quando não tem o que precisa, compra mas de alguma loja sustentável. O que é valido aqui é ter um consumo consciente.

Conta para gente, você ainda compra roupas em lojas de departamentos ou já mudou seus hábitos?

Não esqueça de checar nosso nosso blog que conta com vários posts sobre consumo consciente.

Mais desta categoria: COP 25: A Conferência sobre Mudança Climática » Porque devemos dar atenção ao material reciclado? » Atitudes Sustentáveis: a sua importância » Anatomia da Ação: a sustentabilidade ao alcance de todos » Como renovar a casa com pallets? » Horta em apartamento: como montar sua mini horta » Zero Lixo: 4 alternativas para você » Entenda porquê devemos nos atentar ao consumo de plástico » Minhocas Californianas: Conheça tudo sobre elas » Atitudes sustentáveis: 3 atitudes que mudarão seu 2019 » Carretel e bobina: inspirações de móveis com os materiais » Caixa de Bacalhau: o que fazer com esse material » Decoração de Natal: 5 ideias sustentaveis para decorar » Eco Friday + Consumo Consciente » Reciclagem de vidro: Conheça essa prática » Atitudes sustentáveis: 10 hábitos para se ter no dia a dia » Madeira sustentável: Conheça o que é um Biomóvel » Compostagem: conheça cada detalhe dessa prática » Composteira Humi na shortlist dos finalistas do BDA 2018 » CONHEÇA A POLÍTICA DOS 5R’s E VEJA AS PRINCIPAIS VANTAGENS QUE ELA PROPORCIONA AO MEIO AMBIENTE » Compostagem residencial » VANTAGENS DE SE VENDER EM UM MARKETPLACE » União dos palleteiros Brasil » Oportunidade pintando na área ! » Parceria EcoConsumo + Páprica Arquitetura » EcoConsumo lança nova parceria com a Casa do Vidro » 10 motivos para vender no marketplace EcoConsumo » Eco Consumo lança seu novo selo de certificação ambiental. » Evento Sustentável » Cadastro vendedor no EcoConsumo » Inicio de consumo mais consciente surge a EcoConsumo »
Artigo anterior Porque devemos dar atenção ao material reciclado?
Próximo Artigo 3 ideias de ambientes sustentáveis para curtir as férias

Deixe uma resposta